“O homem de sucesso é o que viveu bem, riu muitas vezes e amou bastante; que conquistou o respeito dos homens inteligentes e o amor das crianças; que galgou uma posição respeitada e cumpriu suas tarefas; que deixou este mundo melhor do que encontrou, ao contribuir com uma flor mais bonita, um poema perfeito ou uma alma resgatada; que jamais deixou de apreciar a beleza do mundo ou falhou em expressá-la; que buscou o melhor nos outros e deu o melhor de si." Robert Louis Stevenson

terça-feira, 16 de setembro de 2014

terça-feira, 9 de setembro de 2014

SOLIPSISMO POLÍTICO

Onde a concepção do candidato é de que, além dele, só existem as próprias experiências. A consequência extrema é de não conseguir estabelecer uma relação direta entre a realidade do sistema e o conhecimento objetivo de algo para além dos problemas apontados. A limitação é de tal modo que tudo o que resta é o seu “eu presente”.
Na forma política de idealismo, incorre no egoísmo pragmático, que insurge no seu ego. Como resultado, somente tem por certo, inconteste, o ato de pensar e o próprio eu. Assim, todo o restante a sua volta pode ser contestado ou posto em dúvida.
Carlos Brito

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

DIA DO ADVOGADO

Parabéns aos verdadeiros Advogados que defendem a Lei e procuram sempre a JUSTIÇA pela passagem do Dia do Advogado 11/8
Os Mandamentos do Advogado: ESTUDA: O Direito se transforma constantemente. Se não seguires seus passos, será cada dia um pouco menos advogado;
PENSA: O Direito se aprende estudando, mas exerce-se pensando;
TRABALHA: A advocacia é uma luta árdua posta a serviço da Justiça;...

LUTA: Teu dever é lutar pelo Direito, mas no dia em que encontrares o Direito em conflito com a Justiça, luta pela Justiça;
SÊ LEAL: Leal com teu cliente, a quem não deves abandonar senão quando o julgares indigno de ti. Leal com o adversário, ainda que ele seja desleal contigo. Leal com o Juiz, que ignora os fatos e deve confiar no que dizes.
TOLERA: Tolera a verdade alheia na mesma medida em que queres que seja tolerada a tua;
TEM PACIÊNCIA: O tempo se vinga das coisas que se fazem sem a sua colaboração;
TEM FÉ: Tem fé no Direito como o melhor instrumento para a convivência humana; na Justiça, como destino normal do Direito; na Paz, como substituto bondoso da Justiça; e sobretudo, tem fé na Liberdade, sem a qual não há Direito, nem Justiça, nem Paz;
ESQUECE: A advocacia é uma luta de paixões. Se a cada batalha, fores carregando a tua alma de rancor, dia chegará em que a vida será impossível para ti. Terminando o combate, esquece tanto a vitória como a derrota; e
AMA: Trata de considerar a advocacia de tal maneira que, no dia em que teu filho te peça conselhos sobre o destino, consideres uma honra para ti propor-lhe que se faça advogado.

terça-feira, 29 de julho de 2014

COMBATENDO ABSTRAÇÕES

No Brasil não há a cultura de que cada um é o defensor da lei. E a lei é hostilizada e fica enfraquecida. Vai-se contornando o problema, enquanto ele domina toda a sociedade. Palavrório substitui a eficiência.
Após várias manifestações no país desencadeadas em massa há um ano, algumas demandas foram desengavetadas pelo Congresso Nacional e outras voltaram à gaveta na medida que as manifestações iam se dispersando ou esfriando.
O que aconteceu na Copa do Mundo é bem simbólico. Faz-se um minuto de silêncio e depois o jogo continua. Após um lance genial de um jogador a intensa vaia se cala subitamente. Há décadas assistimos menores matando e roubando com uma crueldade muito além de sua idade, políticos e autoridades corrompendo o sistema e Instituições políticas sendo corroídas pela inércia e omissão daqueles que deveriam repelir a corrupção e agir em defesa da democracia.
Alguns dizem que nosso país não tem mais jeito. Engano, a sociedade está perdida porque resistimos em repensar nossos valores com imparcialidade, olhando primeiro para o erro do outro e depois para o nosso. Já banalizamos a violência, a morte e lamentavelmente nos habituamos a conviver com a corrupção, com a imoralidade, como algo normal e aceitável. Quando apenas ficamos no sofá sem nenhuma ação como cidadãos de bem, estamos nada menos do que aceitando qualquer desvio de conduta. Enquanto isso, o país houve toda semana autoridades e legisladores discursando sobre endurecer as leis.
Mas apenas endurecer as leis resolveria num país de mal educados? O mensalão foi um grande escândalo sobre corrupção no Brasil. Mas diariamente convivemos com pequenos desvios que nada mais são do que pequenos atos de corrupção e fingimos não ver e não queremos ouvir a respeito. Continuamos a passar o sinal fechado, estacionar sobre a calçada ou na vaga do deficiente, jogamos o lixo no chão, fazemos barulho ao vizinho, ignoramos a faixa de pedestre, furamos a fila. Em suma, enfraquecendo a lei que quer que nos proteja. Fingimos que a corrupção está apenas em Brasília, ignorando que ela pode estar dentro da nossa casa.
A perda de valores da sociedade leva a degradação social que precisa ser combatida dentro de casa. Os desvios de conduta precisam ser repelidos a partir da família e não apenas reprimidos pelo Estado.
O baderneiro virou manifestante, o corrupto em perseguido político, o crime virou criminalidade. É diário o problema da corrupção, a reação dura um minuto de silêncio e o jogo continua. Não se combatem coisas concretas. Combatem-se abstrações. Combate-se a corrupção e não o corruptor.
Artigo publicado Jornal Destaque - Edição 1944 24.07.2014

sexta-feira, 11 de julho de 2014

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Advertência

Precisamos fugir da tendência de ficar arrastando esses pequenos cadáveres ... Se eu tivesse ido, se eu tivesse feito, se eu fosse ... se eu falasse ...
As vezes temos que ser relativista. Eu não consegueria viver apenas com o fatalismo. Gosto de autores Proscritos como Fernando Pessoa, Mário Quintana e Jsé Saramago.
Estou a caminho. Faz-se caminho na caminhada. Também, creio que a verdade não é estástica. A vida, com toda complexidade, não comporta dogmas engessados e fundamentos inamovíveis. A aventura está em poder descobrir algo novo a cada momento da vida e isso é fantástico.
 

Vestir a Vida ...


segunda-feira, 7 de julho de 2014